Siga-nos

Perfil

Expresso

Jornal Nordeste

Dobradinha à moda de Carrazeda

Entrada alucinante dos endiabrados torredonaflorenses atingindo, com facilidade, a vantagem por duas bolas e deixando na precipitação do remate e nas mãos do herói do jogo, Pedro, um resultado mais dilatado ao intervalo.

Jornal Nordeste

 

A descompressão defensiva da Torre com o 2-0 e a ganância pela goleada, desprotegendo a baliza onde já não estava o keeper maravilha do campeonato, permite ao futsal de transição rápida carrazedense e excelente relação com o golo, operar a reviravolta em 3', e virar completamente o jogo atingindo-se o descanso com 5-2.

Era grande a expectativa para o período complementar e as equipas não defraudaram, jogando como uns predestinados, confirmando-se as premissas competitivas da primeira parte. Os torredonaflorenses a fazer magia, que Pedro não deixava funcionar, e os carrazedenses a jogar muito inteligentemente no erro adversário fazendo dilatar a vantagem.

Uma das coisas que ilustra muito bem o jogo, e a forma como foi resolvido, bastará dizer que enquanto a Torre conseguiu que o seu adversário atingisse a 5ª falta e não se soube aproveitar-se desse factor, o Carrazeda mal o seu adversário atingiu esse desiderato, pressionou a 6ª falta e com aproveitamento no marcador.

Vitória justa da equipa que teve mais cabeça, organizou melhor a sua tranquilidade e teve um keeper que fez a grande diferença, perante um adversário que foi um digno vencido.

 

Mais informações aqui