Siga-nos

Perfil

Expresso

Gazeta das Caldas

Mais de 60 projectos no CLN que decorre na próxima semana nas Caldas da Rainha

Começa na próxima quinta-feira, 27 de Maio, o Caldas Late Night de 2010. O evento artístico em que os alunos da ESAD abrem as portas das suas casas para mostrar os seus trabalhos, há muito que já extravasou para o espaço urbano e também conta com a participação de outros públicos vindos de outras escolas e meios artísticos.

Gazeta das Caldas / Natacha Narciso

O evento que durará dois dias conta com o apoio da Gazeta das Caldas que fará a edição especial do mapa dos acontecimentos a distribuir com a próxima edição.

Na casa - que fica na Rua da Estação - de Pedro Cavaco e Pedro Silva, estudantes do 2º ano do curso de Som e Imagem será apresentado um projecto multidisciplinar que compila alguns trabalhos em várias áreas como a instalação, o som, o vídeo e a fotografia.

Desta intervenção farão parte uma exposição de fotografia, uma instalação sonora, outra videográfica e uma sessão de vídeos de alunos da ESAD que vai ser comentada pela docente e realizadora, Raquel Freire. Além de Pedro Cavaco e de Pedro Silva, também Márcio Quintaneiro, será um dos autores a apresentar trabalho nesta edição.

No Museu Bernardo, vai estar a decorrer a exposição colectiva "O mundo, visto da terra, aqui à volta de casa", que tem curadoria de Carolina Rito.

O título, segundo explicou a responsável, é uma apropriação de uma frase de Manuel Zimbro ( Assírio e Alvim, 2004) e dela farão parte obras de Ana João Romana, Susana Anágua, Maria Jorge Martins, José Nuno Lamas e Filipa Vaz. As obras destes autores já pertencem a uma colecção e o que se destaca nesta mostra é "uma releitura desses trabalhos, propondo um discurso a partir do conjunto", explicou a curadora que foi convidada pelo Museu Bernardo para coordenar a mostra.

Há entre as obras, uma peça inédita que será apresentada nesta iniciativa. A exposição poderá ser vista na quinta-feira 27 de Maio, entre as 17 e as 23 horas, na sexta-feira das 17 e as 20 horas e no fim de semana entre as 15 e as 20 horas.

Bárbara Fonseca e Gonçalo Nobre, dois jovens caldenses de 20 anos que se encontram a estudar em Lisboa também vêm participar no CLN. Ela estuda nas Belas Artes e ele na Escola Superior de Comunicação Social. Ambos vão apresentar um projecto "que é uma performance audiovisual, onde se procura formalizar o conceito de uma nova identidade do Homem", disseram.

No trabalho há pois um novo Homem "que se move num caos semiótico", numa realidade "onde a Geografia se desmaterializa e cuja identidade cultural é cada vez mais fragmentada e múltipla", contaram. Propõem pois um exercício multidisciplinar que conjuga Vídeo, Animação 2D e 3D, Música e Performance (Vjing) que "mais do que uma obra final pretende ser um caminho tanto para os artistas como para o espectador", remataram os jovens. O seu trabalho será apresentado nas oficinas do Centro de Artes, onde já funcionou a ESAD.

O grupo Tiroideia, formado em Abril passado, é composto por alunos da ESAD que estão a frequentar os cursos de Artes Plásticas e de Design Industrial e antes frequentaram as áreas de Design de Produto, Produção Artística Têxtil e Produção Artística em Ourivesaria na Escola Artística António Arroio, em Lisboa.

Nesta edição do Caldas Late Night o grupo quer "criar uma ambiência bizarra que, através de metáforas, provoca e critica as pequenas coisas que nos atormentam da sociedade de hoje, dividindo-se em dois momentos/espaços", explica nota enviada pelo grupo.

A 27 de Maio vão apresentar "Sala de Espera" na Rua António Silva e Sousa 1, 1B (junto à ESAD, perto do Incógnito); "Absurdo" que terá lugar na Rua Dr. José Saudade e Silva, 52 - 3º Andar (Rua da Igreja Evangélica) e a 20 será a vez de "A Missa" na Praça da fruta, onde já esteve uma igreja.

"Temos neste momento 64 projectos inscritos", contou Tiago Lopes, elemento do grupo organizador do evento deste ano. Este responsável lamenta que, até ao fecho da edição, ainda não tinha sido atribuído o apoio financeiro da autarquia e também ainda não tenham obtido a licença para o uso do espaço público para algumas das intervenções propostas. A festa de encerramento do CLN de 2010 será na escola e será também um projecto desta edição.