Siga-nos

Perfil

Expresso

Gazeta das Caldas

Exames de Francês em crescimento na região Oeste

Nos dias 6 e 7 de Maio realizaram-se os exames do Delf Scolaire em todo o país. A Alliance Française das Caldas, Centro Oficial de Exames do Ministério da Educação Nacional Francês contou, este ano, com o apoio de três Centros de Aplicação de Provas: Escola Secundária Raul Proença, onde foram examinados alunos de A1, A2 e B1; Colégio Frei Cristóvão para alunos de A1 e A2 e a Escola EBI Sto Onofre onde foram realizados exames de A1.  

Gazeta das Caldas/Natacha Narciso

Estas certificações fazem parte do quadro europeu comum de referência para as línguas e enquadram-se no âmbito de um acordo celebrado entre o Ministério da Educação Português, Direcções Regionais e a Embaixada de França em Portugal.

Esta é a terceira edição destas certificações, cujas provas tiveram lugar pela primeira vez, nas Caldas da Rainha há dois anos, então com 99 alunos. No ano seguinte foram certificados 189 jovens e este ano apresentaram-se 275 candidatos.

As escolas e alunos que aderem a estas certificações têm vindo a aumentar ano após ano, tendo este ano realizado provas os alunos dos seguintes estabelecimentos de ensino: Escola Secundária Raul Proença, Agrupamento de Escolas D. João II, Colégio Frei Cristóvão, Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos EBI Sto Onofre, E.B. 2-3 de Atouguia da Baleia, Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva de Rio Maior e Colégio Rainha D. Leonor.

Segundo Maria do Carmo Brandão, responsável pela Alliance das Caldas, a taxa de êxito deste ano na região Oeste foi de 93%. Na sua opinião, os resultados revelam "o esforço e empenho das docentes de francês na preparação dos alunos para estes exames, em detrimento das suas horas de descanso e lazer e o trabalho dos jovens que se dedicam à aprendizagem da língua e cultura francesas".

Para o próximo ano lectivo "prevê-se uma adesão de mais de 400 alunos, visto que vão participar mais escolas neste projecto, entre elas, o Externato Cooperativo da Benedita e a Escola de Peniche", disse a mesma responsável.