Siga-nos

Perfil

Expresso

Gazeta das Caldas

Quercus aponta 25 praias com Qualidade de Ouro no Oeste

No início de mais uma época balnear, a Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza volta a divulgar quais são as praias com Qualidade de Ouro, onde nos últimos cinco anos a água foi classificada como boa e que na última época balnear tiveram sempre bons resultados nas análises regulares. Uma lista composta por 269 praias de todo o país, 25 das quais nos concelhos de Alcobaça, Lourinhã, Nazaré, Peniche e Torres Vedras, da qual ficam excluídas desta vez as praias caldenses.

Gazeta das Caldas - Joana Fialho

Na região Oeste - que este ano conta com mais cinco praias distinguidas face ao ano passado - é Torres Vedras o concelho que lidera o número de praias com qualidade reconhecida pela associação ambientalista - Amanhã (Sta. Cruz), Azul, Centro (Sta. Cruz), Física (Sta. Cruz), Formosa, Mirante (Sta. Cruz), Navio, Pisão (Sta. Cruz), Santa Rita Norte e Santa Rita Sul. Segue-se Peniche, com as praias de Baleal Norte, Baleal Sul, Consolação, Cova da Alfarroba, Medão-Supertubos e S. Bernardino.

Já em Alcobaça, as praias com qualidade de ouro são as de Água de Madeiros, Légua, Pedra do Ouro, Polvoeira e São Martinho do Porto. Na Lourinhã há três praias distinguidas - Peralta, Porto Dinheiro e Vele Mitão - e, por fim, uma na Nazaré, a praia do Salgado. De fora da lista fica, este ano, o concelho das Caldas da Rainha, com a Praia do Mar na Foz do Arelho.

A lista da Quercus foi divulgada, como tem sido habitual, no início da época balnear, no passado dia 1 de Junho, e tem por base a informação pública oficial disponibilizada pelo Instituto da Água, através do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos. O objectivo da associação é "realçar as garantias de praias que ao longo de vários anos (cinco, neste caso), sistematicamente apresentam boa qualidade, e que portanto, em nosso entender, oferecem uma maior fiabilidade no que respeita à boa qualidade da sua água, confirmando ainda a sua excelência na última época balnear", garantem os ambientalistas em comunicado.

As 269 praias distinguidas representam um aumento de 42 em relação aos números de 2009.

No documento a Quercus alerta ainda para o novo tipo de informação relativa à qualidade da água presente nas praias nesta época balnear. Agora, em vez da anterior classificação de "Boa", "Aceitável" ou "Má", apenas surgirá a indicação se a água está "própria" ou "imprópria para banhos". "No final da época balnear, e tendo em conta anteriores anos, as águas balneares serão classificadas como 'más', 'aceitáveis', 'boas' ou 'excelentes'", acrescenta o comunicado.

O que também deve ser tido em conta pelos banhistas é a duração da época balnear, que pode diferir consoante o concelho ou a praia. Nas Caldas da Rainha a época balnear dura entre 1 de Junho e 30 de Setembro nas duas praias da Foz do Arelho (Mar e Lagoa). Este é também o período da época balnear no concelho de Óbidos (praias de Rei Cortiço, Praia d'El Rei e Bom Sucesso).

Nas praias de Peniche, Nazaré e Torres Vedras a época balnear vai de 1 de Junho e 15 de Setembro, bem como nas praias alcobacenses de Paredes da Vitória, Pedra do Ouro, Polvoeira e S. Martinho do Porto. Ainda no concelho de Alcobaça, a época balnear nas praias de Água de Madeiros e Légua decorre entre 15 de Junho e 31 de Agosto.

Finalmente, na Lourinhã a época balnear estende-se entre 15 de Junho e 15 de Setembro.