Siga-nos

Perfil

Expresso

As aventuras de uma empreendedora

É certo e sabido!

As Aventuras de uma Empreendedora estão de parabéns! Este mês fazem um ano de existência. De parabéns estão também todos os leitores que deitam os olhos neste blog, todos os que comentam através de críticas construtivas ou não, e que contribuem para que esta aventureira continue a empreender a todos os níveis da vida. Por isso, é motivo de comemoração! Porque não?!

Ana Campos

<#comment comment="[if gte mso 9]> Normal 0 21 false false false MicrosoftInternetExplorer4 <#comment comment="[if gte mso 9]> <#comment comment=" /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Calibri; panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:-1610611985 1073750139 0 0 159 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin-top:0cm; margin-right:0cm; margin-bottom:10.0pt; margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:Calibri; mso-fareast-font-family:Calibri; mso-bidi-font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-language:EN-US;} @page Section1 {size:612.0pt 792.0pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:36.0pt; mso-footer-margin:36.0pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} "> <#comment comment="[if gte mso 10]>

 Devemos comemorar sempre, diria até que todas as semanas, as pequenas coisas boas que nos acontecem na vida e que nos fazem felizes e realizados. Caso contrário permanecemos uns eternos insatisfeitos e nunca seremos felizes porque a nossa meta da felicidade é uma linha infinita e inalcançável.

Mas o tema deste post é outro: tomar uma decisão. Não uma decisão banal do dia-a-dia mas uma Senhora Decisão.

Quando decidimos tomar uma decisão, é já uma decisão só por si. Quer dizer que despertamos para a realidade e que qualquer coisa mudou e já não estamos bem como antigamente. Podíamos não fazer absolutamente nada e era muito mais fácil, porque decidir é difícil. Não estou a falar "o que vou tirar do congelador para cozinhar hoje á noite" ou "que roupa vou usar amanhã que o tempo está tão incerto". Estou a falar de decisões que envolvem mudanças na nossa vida e na vida das outras pessoas.

Quanto mais tempo temos para pensar pior, porque estamos sempre a mudar de ideias a toda a hora, sempre a pensar no mesmo, sempre a "chover no molhado". Por outro lado temos mais tempo para pensar e, quando comunicarmos a nossa decisão aos outros foi fruto de muito exercício mental!

Enfim, decidir é difícil e quanto maior a responsabilidade pior é. Tanto se acorda a pensar nas mil opções disponíveis como se acorda desperto e com a mente extremamente clara com a decisão na ponta da língua. Um requisito importante para se tomar qualquer decisão na vida é ser valente. Ter medo e ser cobarde não nos leva a lado nenhum, prende-nos os braços e as pernas e ali ficamos no mesmo sítio.

Quando se pede a opinião a outras pessoas mais complicado se torna! Toda a gente tem razão e esta nem sempre é unânime. Só tem a vantagem de nos abrir os horizontes.

E depois de decidir, como comunicar? Esta é outra questão. Ai a cobardia outra vez... Ou será medo do desconhecido?! Decidir é difícil, se é difícil...

Depois de ponderarmos todos os prós e os contras devemos perguntar a nós próprios "E tu o que achas?". Este é o nosso instinto a falar e normalmente sabe o que diz. Cada vez mais tenho a certeza que lhe devemos dar a atenção merecida.

Quando nada se decide tem-se mais do mesmo. É certo e sabido.