Siga-nos

Perfil

Expresso

Economista poeta

Um excelente anúncio

Uma das experiências mais interessantes porque passei em 26 anos de jornalismo foi uma coluna que mantive durante algum tempo no "Diário Económico" sobre publicidade, onde eram elogiados ou criticados anúncios nacionais e internacionais.

A coisa não foi fácil, porque qualquer criativo considera que um anúncio (ou uma campanha) que faz é sempre genial. Por isso, ai de quem se atreva a criticar os génios do marketing e publicidade! Lembro-me, a propósito, de uma campanha de relançamento do "Diário Económico", que tinha deixado de ser tablóide para passar a "broadsheat". A agência não se lembrou de nada mais imaginativo do que colocar três tipos a entrar para uma casa de banho, cada um com o seu jornal. Os que não tinham o Diário Económico saíam rapidamente. O que lia o DE lá continuava por muito e bom tempo. Como se calcula, fui dos que disse simpaticamente que não iríamos adoptar aquela campanha, por ela poder dar a entender aos leitores que o DE era um jornal bom para se ler em casas-de-banho... ou pior ainda.

Mas às vezes há campanhas muito boas ou mesmo geniais. É o caso da que foi lançada pelo BES sobre a Euribor. Quer nos jornais, onde o facto da cabeça do burro entrar na página seguinte aquela onde está o corpo, quer na televisão, onde o jovem não consegue que o burro lhe obedeça quando grita "pára, Euribor, pára!" ou "desce, Euribor, desce!", quer ainda na rádio, a campanha desperta a atenção, é muito engraçada e atinge plenamente os seus objectivos - lembrar que a taxa fixa é que garante a mesma prestação, mês a mês, a quem tem um crédito à habitação e não a Euribor, que sobe de acordo com variáveis que o cliente não controla.

Já agora, e falando de nós, a campanha do Expresso, com o lema "Muito mais que palavras", não só causa impacto e também atinge o alvo, como é lindíssima. Edson Athayde, que prova mais uma vez ser um talento desmesurado (é ler o último livro dele para perceber o mundo da publicidade...) e a Ogilvy estão de parabéns.

Nicolau Santos,

Director-Adjunto