Siga-nos

Perfil

Expresso

Nysse Arruda Sailing

Transat Bretagne-Martinique - perda de mastro na rota

A única mulher na frota - Kristin Songe-Moller (Sponsor Me) - sofreu a perda do mastro e segue agora para Cabo Verde com mastreação de fortuna

Alexis Courcoux

Nysse Arruda

A velejadora norueguesa Kristin Songe-Moller (Sponsor Me) - única mulher na frota - enfrentou a perda do mastro na noite passada quando navegava cerca de 250 milhas ao largo da costa portuguesa, sob ventos noroeste com refregas de 25 nós e mar agitado. A skipper solitária conseguiu arranjar uma mastreação de fortuna e segue para Cabo Verde, onde deverá chegar dentro de 3 ou 4 dias. Entretanto, o novo líder Erwan Tabarly (Armor Lux - Comptoir de la Mer) e a maior parte da frota progridem ao largo da costa africana numa navegação à popa sob ventos de 15 nós, e preparam-se para contornar as ilhas Canárias.

Kristin Songe-Moller, de 37 anos, está bem e navega em direção a Cabo Verde,com ventos favoráveis nos próximos dias. A direção de regata está em permanente contacto com a MRCC Lisboa para manter vigilância na progressão da skipper solitária.

Para os restantes 11 skippers a rota segue rumo às Canárias, numa trajetória banal para uma travessia do Atlântico, na qual não há muitas outras opções táticas para evitar o anticiclone dos Açores. Apenas dois navegadores manteiveram-se a oeste, ao largo da Madeira, numa tática radical - Damien Guillou e Arnaud Godard Philippe. O jogo portanto está aberto.

Leia mais em www.nyssearrudasailing.com