Siga-nos

Perfil

Expresso

O modo do tempo

Fases do dia

António de Castro Caeiro

Um dia divide-se em duas partes- a noite e o dia. Noite e dia têm as suas fases.

"De manhã cedo", "a meio da manhã", "ao meio-dia", "a seguir ao almoço", "no princípio da tarde", "à hora do lanche", "à tardinha", "ao final do dia". Assim, também: "ao entardecer", "ao escurecer", "ao cair da noite", "no princípio da noite", "quando vai alta a noite".

As fases do dia passam de umas para as outras continuamente.

Podem ter inícios e fins mais ou menos definidos de acordo com critérios de luminosidade. Mas podia ser sempre noite escura ou dia claro, como sucede em algumas zonas do globo. Cada dia, porém, decorre entre o nascer do sol e o pôr do sol. As fases do dia dão lugar umas às outras num trânsito contínuo.

As fases do dia podem ser determinadas pelo que nelas fazemos:- "levantar", "tomar duche", "tomar o pequeno almoço", "sair de casa", "executar tarefas", "exercer funções", "desempenhar competências" etc., etc..

Para tudo o que fazemos num dia há "horas para..." e "tempos de...". Podia haver tantas fases do dia quantas as coisas que fazemos. Cada dia pode ser medido pelo que nele fazemos a cada hora. Mas mesmo sem andarmos de um lado para o outro, quando estamos quietos num mesmo sítio sem nada fazer, o dia decorre.

É o próprio dia esboça as suas fases. Não, o que com elas fazemos. É com ele que há tempo ou não.

Mas o que orienta as fases do dia? O que as dirige? O que as faz passar a ser, durar, mesmo que só um instante, e deixar de ser?

E de onde vem o dia? É de onde o sol nasce e onde se põe? O sol nascente orienta a posição das camas e o lugar das campas no cemitério. Deitamo-nos com o sol a pôr-se nas nossas costas e acordamos com o sol a nascer aos nossos pés. Entre o tempo em que o sol se põe e levanta podemos dormir ou estar acordados. O dia não é indiferente ao que dele fazemos.

Contudo, para nos acordar e adormecer não terá de estar sempre activo? Não terá de existir sempre? Será a vida um único grande dia e os dias do quotidiano as suas fases? É, por isso, que os antigos diziam que o humano é efémero, não apenas por ser caduco, mas por estar exposto ao que o dia traz?