Siga-nos

Perfil

Expresso

A Europa desalinhada

O que fazem espiões colombianos na UE?

"Operação Europa" é o nome de código de uma operação dos serviços secretos colombianos que tinha por finalidade destruir a UE.

Clique para saber tudo o que se passa na Europa

O "EUobserver" revelou pormenores da operação alegadamente secreta dos Serviços Secretos da Colômbia (DAS) para destruir a UE. De acordo com documentos confiscados pela Procuradoria-Geral da Colômbia, a missão dos DAS, sob o nome de código "Operação Europa", visava "neutralizar a influência do sistema judicial europeu, da Subcomissão dos Direitos do Homem do Parlamento Europeu e do Gabinete do Alto-Comissário para os Direitos Humanos". O desenrolar da Operação, que incluiu escutas telefónicas e interceção de emails, foi divulgado pela primeira vez na Colômbia em 2009. Consequentemente, o então Presidente Alvaro Uribe criou legislação para investigar e restruturar a agência. A Comissão Europeia revelou-se confiante no inquérito realizado. Vários eurodeputados, ONG e analistas europeus, críticos em relação aos Direitos Humanos na Colômbia, receiam que a campanha para silenciar as vozes críticas contra Bogotá na Europa esteja muito longe do fim. O belga Paul Emile Dupret, analista político do Grupo Unitário da Esquerda Europeia do Parlamento Europeu, pretende processar a agência colombiana agora em julho, juntamente com as vítimas das escutas telefónicas e da intimidação dos DAS.