Siga-nos

Perfil

Expresso

A Europa desalinhada

O erro de cálculo da União sobre Chipre

Presseurop

Clique para saber tudo o que se passa na Europa

A Rússia está irritada. Atenção: vai mesmo zangar-se. A maior parte dos depósitos estrangeiros em Chipre pertence a empresas russas (o montante total foi avaliado em entre €20 e €30 mil milhões). O Presidente russo, Vladimir Putin, e o seu primeiro-ministro, Dmitri Medvedev, disseram claramente que veem a "confiscação" organizada de uma parte dos depósitos russos como um gesto hostil.



Medvedev considera que a UE está a comportar-se como "um elefante numa loja de porcelanas" e comparou a ação da União às práticas dos bolcheviques. A cólera russa abateu-se também sobre os cipriotas, que terão tentado "jogar com um pau de dois bicos" (com a Rússia e a UE), quando, no fim da semana passada, apresentaram um plano que associa os capitais russos ao saneamento da economia do país.



Mais sobre o paraíso fiscal de Chipre em Presseurop.eu.