Siga-nos

Perfil

Expresso

A Europa desalinhada

Europa comida viva por operações de salvamento

Os Estados amarraram os seus destinos a um sistema bancário frágil, em prejuízo dos seus cidadãos.

Clique para saber tudo o que se passa na Europa

Estamos a viver tempos verdadeiramente históricos. A forte recuperação que se seguiu ao salvamento do euro está a desvanecer-se e o valor do euro voltou a cair. O que significa que os mercados não ficaram convencidos de que a gigantesca operação de salvamento UE/FMI/BCE seja suficiente.

As pessoas interrogam-se sobre o que poderá significar passar um cheque tão elevado. Haverá obrigações associadas? Para validar estas garantias, não terá de haver uma maior integração na Europa? Embora a elite da UE possa desejá-la, os povos da Europa não a desejam. Quando isso lhes foi perguntado, a França, a Holanda e a Irlanda rejeitaram uma maior integração (está bem, nós votámos outra vez). Mas o sinal das ruas é que os franceses querem continuar a ser franceses e senhores do seu destino, os holandeses também e de certeza que os alemães, os dinamarqueses e os gregos sentem o mesmo.