Siga-nos

Perfil

Expresso

Homenagem a Helena Lopes da Silva

Juntam-se hoje ao fim da tarde os Presidentes da República portuguesa e de Cabo-Verde para homenagear Helena Lopes da Silva, com muitos dos seus amigos, conterrâneos e camaradas, num ato certamente raro, mas a razão para essa evocação é óbvia para quem a conheceu. Helena morreu subitamente no sábado passado e, quando nos despedimos dela, lembrámos a mulher que lutou contra o colonialismo e a ditadura, pela liberdade do seu amadíssimo Cabo Verde, em cujos destinos se empenhou sempre, mas também a combatente política que se mobilizou pelas suas ideias neste país em que escolheu viver e de que também se tornou cidadã. Foi excecional nesta escolha que lhe parecia tão natural: ela era dos dois países e reconhecia lá e aqui a sua casa e a sua gente. Não são muitas as pessoas, devem mesmo caber nos dedos de uma mão, que são esta vida aberta e intensa para além das fronteiras e que podem representar as duas comunidades com tanta sinceridade.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido