Siga-nos

Perfil

Expresso

Blogue Brother

Blogues decretam o fim oficial da cooperação estratégica entre PR e Governo

Cavaco foi duro na comunicação que fez ontem sobre o Estatuto dos Açores. Os ecos da promulgação forçada do diploma ecoam na blogoesfera.

"O 'precedente muito grave' abre um novo capítulo nas relações entre o primeiro-ministro e o Presidente da República. A partir de hoje, Cavaco e Sócrates não fazem parte da mesma moeda", diz Paulo Pinto Mascarenhas no "Atlântico".

O discurso é eleito pelos blogues como o fim oficial da cooperação estratégica entre Belém e São Bento. " É oficial: a coabitação estratégica entre Belém e São Bento faleceu. Esta noite, pelas 20h15. José Sócrates esticou a corda na questão do estatuto dos Açores - e a corda partiu-se. Na comunicação ao país, Aníbal Cavaco Silva acusou-o de falta de lealdade e de visar "interesses partidários de ocasião": é um caminho que não tem retorno", escreve Pedro Correia no " Corta Fitas".

No blogue "Câmara de Comuns", os deputados ficam 'mal na fotografia'. " A atitude da Assembleia da República é de enorme indignidade ao penhorar os seus poderes face a uma Assembleia Regional e os do Presidente da República face à lei ordinária e aos poderes regionais", diz André Moz Caldas.

Mas quem ganhou o braço de ferro entre Governo e Presidente? António de Almeida antecipa, no "Direito de opinião", um vitorioso: "O PS e Carlos César podem ter ganho o primeiro round, mas será uma vitória de pirro, desde logo porque perdendo a cooperação estratégica com o Presidente da República, será de prever muita gente descontente com a actual governação batendo à porta do Palácio de Belém, que poderá reviver algo parecido com o 2º mandato de Mário Soares, embora noutro registo, porque Cavaco Silva não utiliza a demagogia e o populismo como forma de fazer política.