Siga-nos

Perfil

Expresso

Aparelho de Estado

Enviado especialíssimo ao Brasil

Mas, nesse dia, José Sócrates não esteve para tanto. Deu ordem para reduzir o jantar ao mínimo, deslocou-o para um restaurante italiano da moda (também em Ipanema) e causou um embaraço ao cônsul português obrigado a desconvidar personalidades como a actriz Marília Pera, o ex-campeão do mundo de futebol Zico e, sobretudo, o ex-ministro e cantor Caetano Veloso. David Dinis, DN

Vasco M. Barreto

Um estrangeiro perguntou-me se os jornais portugueses tinham fact checkers. Patriótico, fui assertivo: "claro que sim!". Patriótico ainda, não investiguei para ver se tinha razão.

O parágrafo supracitado leva-me a pensar que ninguém releu a notícia. O enviado especial ao Brasil, David Dinis, parece movimentar-se no Bangladexe, tal o seu desconhecimento da cultura brasileira. Para que conste: Zico nunca foi campeão do mundo de futebol, só de futebol de praia. Merecia ter sido campeão em 1982, mas o italiano Paolo Rossi estava inspirado naquele dia. Para que conste também, Caetano Veloso nunca foi ministro. David Dinis estaria certamente a pensar em Gilberto Gil. Enfim, deve ter sido uma viagem fascinante para David Dinis. Aposto que quando regressar a Portugal vai contar aos amigos que os brasileiros falam a nossa língua.