Siga-nos

Perfil

Expresso

Aparelho de Estado

Aumento de impostos

Sócrates disse o seguinte: a economia portuguesa está bem, mas como os outros países da zona euro estão a controlar o défice fica bem fazer o mesmo. Sem se rir.

Lourenço Cordeiro

Ouvi com a atenção que me merecem todos os artistas de variedades a comunicação do primeiro-ministro ao país sobre o aumento de impostos e por isso estou em condições de vos fazer um resumo daquilo que disse José Sócrates.

Aquilo que disse José Sócrates foi o seguinte: a economia e as finanças portuguesas estão estupendas, mas como os outros países da zona euro estão a aplicar medidas de controlo do défice fica bem a Portugal fazer o mesmo, por, enfim, solidariedade e coesão europeia.

Disse isto sem se rir, acreditem, eu tenho muito talento para apreciar as subtilezas da expressão oral: reparei, por exemplo, que José Sócrates diz "ouropa" quando se quer referir à união europeia (imagino que por agora já todos tenhamos reparado que o primeiro-ministro abrevia a nacionalidade para p´tugueses).