Siga-nos

Perfil

Expresso

A herança de Costa e a lengalenga do Governo anterior

Não sei se a Bélgica é ou não um bom exemplo no transporte ferroviário, mas trago-o para estas linhas porque foi o último país estrangeiro onde andei de comboio. E que qualidade! Não estou a falar de luxo, apenas do básico: pontualidade, carruagens limpas, velocidade, segurança, estações decentes e, já agora, comboios propriamente ditos que é coisa que vai faltando por cá.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)