Siga-nos

Perfil

Expresso

100 reféns

Sócrates e Passos dançam juntinhos "El Tango"

José Sócrates sacou de um majestoso "castelhano técnico" e ficámos finalmente a saber para que serve Pedro Passos Coelho. É o seu par nas danças de salão.

Tiago Mesquita (www.expresso.pt)

En las fiestas di garaje de nuestra infancia siempre había un problema: La mayoría de las vezes las niñas y los niños no estaban en igual númerio. Ou sieja, cuando llegava el momento más esperado, en que los chicos y las chicas se reunían para bailar um pequenicho slow, siempre había media duzia de niños desgraciados que no tenían compañeros para bailar, como há acontecido con nuestro Primerio Ministro Sócratis aquí en Portugali.

Mas vamos deixar o "Castelhano técnico" um pouco de lado.

Fico feliz em saber que mesmo com o país de tanga o Primeiro-ministro tenha conseguido encontrar tempo e parceiro para ir bailar. Porque como o próprio faz questão de dizer no vídeo "para dançar el tango son necessários dos". Talvez quisesse dizer "Para el tango se necesitan dos" quem sabe, mas foi o que lhe saiu. Ficámos no entanto a perceber qual a função de Passos Coelho, até agora indefenida. É o par de José nas danças de salão. 

Por outro lado também acho que para se falar castelhano é necessário estudar mais do que duas horas, ou melhor, para hablar el castellano es necesario estudiar más de dos horas. Ou em castelhano técnico: para hablar lo castelhani son necessárias mas do que duas horichas.

E principalmente quando se desempenham cargos de grande responsabilidade e exposição como é o caso, seria aconselhável ser-se humilde o suficiente para não entrar nesta coisa bem portuguesa do desenrascanço. Não é vergonha nenhuma não ter queda para as línguas, muito menos quem já provou ter queda para praticamente tudo o que faz. Ninguém lhe levará a mal a inaptidão e os tradutores agradecem porque também precisam de emprego.

Falar para grandes líderes e empresários europeus com toda a comunicação social a assistir não é bem o mesmo que ir pedir um gelado de baunilha ao bar da praia em Benidorm, verdad? José Sócrates não é José Camarinha.

Mas mesmo assim continuo a preferir o Inglês técnico, cadeira e língua que o Primeiro-ministro conhece bem e fala fluentemente como dá para perceber no próximo vídeo. Reparem em Angela Merkel, provavelmente a pensar "como é que aquele país não há-de estar como está. Este homem a falar assim devia ser Primeiro-Ministro Britânico"