Siga-nos

Perfil

Expresso

Americano Expresso

Quase Obama

Perdeu no Kentucky, mas ganhou no Oregon. Está quase a ser eleito. Mas Hillary vai prolongar este quase.

Na passada semana, os jornais garantiam que Barack Obama já estava a preparar o discurso de vitória para o final do dia de ontem, terça-feira, quando se conhecesse a sua previsível vitória no estado de Oregon. Mas os analistas mais serenos previam que Hillary aproveitaria a também provável vitória no Kentucky para adiar a questão da escolha do Partido Democrata.

Até ao dia três de Junho, data da última eleição primária, não deverá haver vencedor declarado. Mas é Obama quem tem os principais trunfos na mão e, no seu discurso de vitória no Oregon, deixou um recado aos super-delegados: se eles ficarem do lado de Hillary, estarão em contra-mão com a vontade popular.

Mas nem estas ameaças assustam Hillary Clinton, que continua a dizer que tem ao seu lado uma parte importante do eleitorado que poderá derrotar a poderosa máquina republicana.

Enquanto isso, McCain parece ter escolhido o seu adversário para as eleições de Novembro. Os seus ataques políticos já só procuram um alvo: Obama. Com o tema das relações internacionais em pano de fundo. o candidato republicano tem desferido fortes críticas ao que considera ser uma atitude demasiado permissiva de Barack Obama perante ditadores e líderes de organizações terroristas.

Eleições nos Estados Unidos

"Americano Expresso"