Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

Lula já não é uma alternativa decente a um capitão reacionário

A culpa do fascismo não é sobretudo dos fascistas, como perguntava há uma semana Rui Tavares no “Público”? A resposta tem sempre que levar um sim, mas para ser correta tem também que levar uma vírgula e alguma explicação extra. Há muitas pessoas que preferiam que a resposta fosse só essa – sim, o fascismo acontece por culpa dos fascistas –, mas infelizmente as coisas não são tão simples.

Se fossem simples ou unívocas, as ascensões de fascismos, ditaduras e totalitarismos em geral teriam sempre o mesmo padrão. Não têm nem nunca tiveram, e quando algum fenómeno do género ocorre numa democracia no séc. XXI, através do voto popular em eleições livres, convém encontrar explicações mais verdadeiras, mesmo que sejam incómodas ou difíceis de catalogar.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido