Siga-nos

Perfil

Expresso

Telegramas da saída limpa

Ricardo Costa

Ricardo Costa

Diretor de Informação da SIC

Os bilhetes da Galp ainda andam por aí

Soubemos esta segunda-feira que há mais três arguidos no caso dos bilhetes oferecidos pela Galp a políticos para irem a jogos do Euro 2016. Este caso, que entusiasma muita gente e já leva 11 arguidos - e que, pelos vistos, tem dado muito trabalho ao Ministério Público -, continua a ser um dos mais absurdos e ridículos da política e da justiça portuguesa. É a minha opinião desde o princípio do processo e duvido que o andar do caso a vá alterar.

Ao fim de dois anos, a única eventual vantagem desta profunda polémica é que já não há políticos convidados a ver jogos no Mundial da Rússia. Há uma segunda eventual vantagem, totalmente a favor dos acionistas da petrolífera e de outras empresas patrocinadoras da seleção: estes eventos saem-lhes mais baratos que nunca.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)