Siga-nos

Perfil

Expresso

Ré em causa própria

Os cavaleiros de Almacave

"Nos liberi sumus, Rex noster libert est, et manus nostrae nos liberaverunt!"

 

 Nós somos livres, nosso Rei é livre, nossas mãos nos libertaram

 

 

Eles o afirmam com aspecto grave,

- eles o afirmam com profunda voz.

Um coro imenso reboou pela nave:

- "O Rei é livre e livres somos nós!"



- "O Rei é livre!" E o grito de Almacave

não foi somente o grito dos Avós.

Por mais que o tempo em nossas veias cave,

nunca desata esses antigos nós!



"O Rei é livre!" E com seu elmo erguido,

é Portugal tornado corpo e alma

na sucessão do tempo indefinido!



O sangue o diz! E o sangue não se engana!

Que ver o Rei na sua força calma,

é ver a Pátria com figura humana!

 

 

Autor: António Sardinha (1888-1925)