Siga-nos

Perfil

Expresso

A partícula de Deus

O passado costuma ser a primeira vítima da ideologia que se julga dona do futuro. Tal como o marxismo do passado, este nacionalismo que varre a Europa é um “ismo” que quer refazer a tecelagem da memória. A Polónia é um exemplo. O poder de Varsóvia quer impor uma visão única e benigna sobre o passado, decretando que, no contexto do Holocausto, a Polónia como um todo foi um país heroico na defesa dos judeus. O poder até pensou em criminalizar outra visão histórica, isto é, pensou em lançar penas legais sobre as pessoas que têm de facto memória: a Polónia é um dos casos mais evidentes de antissemitismo e colaboração com os alemães.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido