Siga-nos

Perfil

Expresso

São feministas ou odeiam o “homem”?

Entregar as crianças à mãe, dando umas migalhas hebdomadárias ao pai, é um vício cultural de uma sociedade ainda machista; entregar os filhos à mãe por sistema é um reflexo condicionado do machismo, que, paradoxalmente, ainda agrada a muitas mulheres. Numa sociedade onde o poder das mulheres ainda é escasso, o poder sobre os filhos dá-lhes uma sensação de empoderamento irresistível. Muitas vezes, esse poder doméstico é usado como vingança contra o ex-marido, que é relegado para a condição de cabide dos sábados e de cartão de crédito da semana inteira. Alguns homens, diga-se, também ficam satisfeitos com o vício, porque não estão nem nunca estarão disponíveis para um trabalho doméstico além da migalha hebdomadária.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)