Siga-nos

Perfil

Expresso

Voltar a ter o telemóvel da cobrinha

Será que preciso mesmo de um telemóvel inteligente? Será que os serviços e apps de um telemóvel inteligente são mesmo imprescindíveis? Preciso mesmo deste insuportável gato eletrónico que mia notificações atrás de notificações provocando uma poluição sonora e mental que desgasta sem necessidade? Será que preciso mesmo de ver e responder a emails em tempo real? Admito que isso é necessário em muitas profissões, mas eu não preciso e estou certo de que esmagadora maioria das pessoas também não precisa. E será que precisamos das milhentas app que nos levam a andar curvados sobre um ecrã minúsculo, roubando-nos o tempo que antigamente tínhamos para outras coisas?

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)