Siga-nos

Perfil

Expresso

O Expresso esta semana

Operação Furacão

Depois de quatro anos de investigação e da constituição de centenas de arguidos, o processo que prometia ser a maior investigação de crime e fraude fiscal em Portugal continua sem grandes resultados práticos. Não há acusações e muito menos julgamentos ou condenações e o que se conseguiu foi angariar para os cofres públicos milhões de euros em falta em impostos por pagar. Mas será essa a finalidade das entidades de investigação criminal? Este mega-processo mostra que finalmente também os poderosos são acossados pela Justiça ou será afinal mais uma montanha a parir um rato?