Siga-nos

Perfil

Expresso

O Expresso esta semana

Ofensiva anti-imigrante

Na África do Sul, a violência xenófoba provocou 30 mortos, 12 dos quais cidadãos moçambicanos. O Expresso falou com vários imigrantes em fuga, traumatizados pela vaga de brutal violência. Idêntico cenário registou-se em Itália. Aí as vítimas foram as comunidades ciganas da região de Nápoles, alvos de ataques de milícias populares apoiadas pela Máfia.

O cerco apertou-se ainda mais esta semana com o primeiro-ministro italiano, Sílvio Berlusconi, a anunciar normas mais restritivas contra a imigração clandestina. Madrid já esperava por esta decisão, e, em antecipação, criticou a opção do novo Governo Transalpino. O mini conflito diplomático coloca em evidência de que na Europa (um continente envelhecido) não há espaço para uma política de imigração comum. Tal continuará a ser uma matéria de exclusiva competência nacional.