Siga-nos

Perfil

Expresso

Alertas Expresso

"Não tenho queixa de Sócrates"

O presidente da Câmara do Porto diz que o Governo tem elementos "mesquinhos", mas não mete o primeiro-ministro nesse pacote. E mostra-se cada vez mais motivado para recandidatar-se em 2009.

Ricardo Jorge Pinto

Rui Rio recusa falar sobre Luís Filipe Menezes ou sobre a vida interna do PSD. Contudo, não esconde o desconforto que sente quando tem de lidar com alguns ministros do executivo de Sócrates, que apelida de "mesquinhos". A farpa vai sobretudo para Correia de Campos, o ministro da Saúde que lhe inviabilizou o projecto Porto Feliz - para a reabilitação de arrumadores de carros nas ruas do Porto.

Rio não inclui Sócrates nas críticas ao Governo. E mostra-se até determinado em concluir os projectos que desenhou para a liderança da autarquia, embora pense que a Câmara de Lisboa de António Costa está a ser privilegiada em relação à sua.

Leia mais na edição do Expresso na banca ou clicando aqui, onde a edição da banca está disponível para assinantes a partir das 00h01 de sábado