Siga-nos

Perfil

Expresso

Alertas Expresso

Deputados não declaram colaboração com a SIC

Dos 10 deputados que colaboram no "Frente-a-frente" da SIC-Notícias, só dois têm tal facto declarado no seu registo de interesses. João Soares ironiza: "qualquer dia, tem que se declarar que se fuma!".

Só Telmo Correia (do CDS) e Maria de Belém (do PS) declararam no registo de interesses que entregaram na Assembleia da República as colaborações que têm com o programa "Frente-a-frente" da SIC-Notícias. Os outros oito deputados que integram o painel de comentadores da estação omitem tal facto. Cada um deles tem uma média de duas prestações mensais, remuneradas a 250 euros cada uma.

Contactados pelo Expresso, a maioria dos parlamentares justifica-se com o facto de terem iniciado a colaboração televisiva já depois de entregue o registo de interesses que dizem ir actualizar. Mas há excepções: Miguel Relvas, do PSD, optou por actualizá-lo de imediato, mal foi contactado pelo Expresso e João Soares, do PS, ironiza: "qualquer dia temos que declarar que fumamos".

Leia mais na edição do Expresso na banca ou clicando aqui, onde a edição da banca está disponível para assinantes a partir das 00h01 de sábado