Siga-nos

Perfil

Expresso

Lusofonia

Portugal e Angola assinam memorando

Processo de reconhecimento mútuo das cartas de condução emitidas em Portugal e Angola está concluído dentro de seis meses.

Os Governos de Portugal e Angola  querem celeridade no processo de reconhecimento mútuo das cartas de condução emitidas nos dois países, que deverá estar concretizado dentro de seis meses. Até à entrada em vigor do acordo definitivo vai vigorar uma norma transitória de aceitação dos documentos, prevê o memorando de entendimento assinado ontem pelos ministros dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Luís Amado, e das Relações Exteriores de Angola, João Miranda.

Com isto, os dois países vão dar resposta à falta de enquadramento legal que levou à detenção em Lisboa do jogador do Benfica, Pedro Mantorras, bem como de 16 portugueses em Luanda, que foram levados a tribunal depois de terem tido as suas cartas apreendidas.

Angola e Portugal já estavam há meses a 'negociar' a creditação das cartas de condução.