Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Vitalino Canas: "É possível forçar Cavaco a segunda volta"

O socialista Vitalino Canas considera que a falta de consolidação da base política de Cavaco Silva pode forçá-lo a uma segunda volta, caso se candidate às presidenciais.

 A falta de consolidação da base política de Cavaco Silva pode forçá-lo a uma segunda volta, caso se candidate às presidenciais, algo que pode ser potenciado ainda por um novo candidato à direita, considerou hoje o socialista Vitalino Canas.

"Ao longo deste mandato do Presidente da República tem-se sentido, tem sido público, que alguma da sua base de apoio nas eleições de 2006 aparentemente não está consolidada, penso que isso foi ressaltando ao longo do mandato em vários episódios, em várias situações", disse à Lusa o deputado.

Na sua opinião, "é possível forçá-lo [Cavaco Silva] a uma segunda volta, tendo em conta que a base política dele não se considerou integralmente" e esse cenário "ainda mais se coloca" se surgir mais do que um candidato à direita. 

"Não me surpreenderia que pudesse haver ou que haja movimentações no sentido de encontrar uma outra candidatura, não diria alternativa, mas adicional, que representasse um espaço político mais à direita", afirmou Vitalino Canas.

O parlamentar sublinhou no entanto que a esquerda pode vencer a direita nas próximas eleições presidenciais, "desde que se possa concentrar num candidato que capte sobretudo um certo eleitorado ao centro". 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.