Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Vanessa Fernandes vence em Pequim

Vanessa Fernandes conquistou em Pequim o 12º triunfo consecutivo na Taça do Mundo, igualando o recorde mundial.

A portuguesa Vanessa Fernandes, actual vice-campeã do mundo de triatlo, igualou este domingo o recorde de 12 vitórias consecutivas, ao vencer a etapa chinesa da Taça do Mundo. Está assim assegurado um triunfo quase certo no circuito mundial.

O recorde de 12 vitórias seguidas foi estabelecido por Emma Carney entre 1993 e 1995, quando apenas cerca de três dezenas de atletas femininas disputavam a Taça do Mundo. A série de Vanessa Fernandes teve início em Madrid em 2004 até culminar na prova de Pequim.

Bom teste para Olímpicos

Vanessa Fernandes foi a atleta mais forte no percurso de Pequim, terminando em 2.03,16 horas os 1500 metros de natação, 40 quilómetros de ciclismo e os 10 quilómetros de corrida da 14ª etapa do calendário de 2006.

No final da prova a atleta lusa desvalorizou o triunfo obtido, afirmando, em declarações à Agência Lusa, que "o que fica na história é ser campeã do mundo e campeã olímpica". A vitória deixa, ainda assim, boas indicações tendo em vista as próximas Olimpíadas, já que o percurso utilizado é em tudo semelhante ao que será utilizado em 2008.

Vanessa Fernandes assumiu desde o início da prova um ritmo forte para desgastar as adversárias, o que conseguiu, essencialmente, no percurso de ciclismo, tirando partido desse factor, posteriormente, nos 10 quilómetros de corrida.

Campeã mundial batida

A triatleta do Benfica deixou em segundo lugar a campeã mundial da modalidade, a australiana Emma Snowsill, com mais 1,07 minutos, enquanto luxemburguesa Elizabeth May chegou em terceiro, com mais 1,56 minutos que a portuguesa.

"Estou contente com a época que estou a ter, principalmente por ter conseguido ganhar, apesar de não estar em grandes condições", disse Vanessa no final da prova, lembrando o facto de ainda estar a recuperar de problemas no tendão de Aquiles.

Com o triunfo de hoje, em Pequim, Vanessa Fernandes é já a virtual vencedora do circuito mundial, mesmo sem sequer participar nas duas últimas etapas, nas quais Emma Snowsill também já anunciou que não vai participar.