Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Um juiz votou vencido

Um dos três juízes do Tribunal da Relação discorda do não pagamento de indemnização de 100 mil euros a Paulo Pedroso.

A decisão de absolver o Estado de pagar uma indemnização de 100 mil euros ao ex-dirigente socialista Paulo Pedroso, no âmbito do processo Casa Pia, foi aprovada com um voto vencido pelo Tribunal da Relação de Lisboa. 

Fonte judicial disse à agência Lusa que após dois dos juízes da secção cível terem votado contra o projeto de acórdão, elaborado pela primeira relatora, foi decidido mudar de relator, tendo agora a decisão do desembargador Olindo Geraldes sido aprovada com um voto contra. 

O Ministério Público recorreu da sentença que condenou o Estado a indemnizar o ex-deputado socialista Paulo Pedroso em 100 mil euros, por danos morais relacionados com a prisão preventiva a que foi sujeito no âmbito do processo Casa Pia. 

Na sentença, a juíza considerou que a detenção do ex-dirigente socialista foi um "erro grosseiro". 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.