Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Traficante português foge no Brasil

José Palinhos Cohen foi condenado a 28 anos de prisão por tráfico de droga e aproveitou o regime semi-aberto para se evadir. A justiça brasileira demorou três meses a considerá-lo fugitivo. Ainda não o apanhou.

Rui Gustavo (www.expreso.pt)

No Brasil é conhecido por George Cohen e foi preso em 2005 na Operação Caravelas. O português foi condenado por pertencer a uma quadrilha que tentou traficar 1,7 toneladas de cocaína escondidas em carcaças de boi.

Em Dezembro do ano passado, segundo o site da Globo, José Palinhos Cohen aproveitou a passagem ao regime semi-aberto para fugir. Apesar de estar a ser investigado noutros processos, a Justiça brasileira decidiu que podia trabalhar fora da prisão e voltar só para dormir. E a verdade é que fugiu imediatamente.

O mais estranho é que a justiça brasileira demorou três meses a declará-lo fugitivo e pô-lo na lista de procurados. De acordo com o mesmo site, só quando um funcionário judicial quis interrogar Cohen é que se percebeu que estava em fuga. "Realmente a sua fuga é muito curiosa. Ela nos causou muito descontentamento. Recapturá-lo não vai ser fácil porque o acusado tem muito dinheiro", explicou à Globo o delegado Márcio Oliveira, da polícia brasileira.