Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Teixeira da Cruz critica Manuela Ferreira Leite

A ex-líder da distrital de Lisboa do PSD diz que é tempo de o partido apresentar propostas alternativas ao PS. Paula Teixeira da Cruz reafirma a oposição à escolha de Santana Lopes como candidato à CML e garante não estar disponível para voltar a ser candidata à Assembleia Municipal. (Contém audio)

Nuno Saraiva

Numa entrevista ao Rádio Clube Português que vai para o ar este sábado, Paula Teixeira da Cruz critica o silêncio de Manuela Ferreira Leite em matéria de propostas alternativas às políticas do PS: "Há um tempo para arrumar a casa e há um tempo para apresentar projectos, porque um partido de alternativa tem que os apresentar. Começa a ser imperioso que o PSD mostre quais são os seus projectos alternativos", afirma.

Apesar das divergências assumidas com a líder do partido, Teixeira da Cruz discorda de militantes como Luís Filipe Menezes, que pretendem um congresso em Janeiro, porque "convocar um congresso que terá estatutariamente lugar num ano eleitoral é, forçosamente, fragilizar o partido".

Sobre a escolha de Pedro Santana Lopes como candidato à Câmara de Lisboa, a presidente da Assembleia Municipal começa por dizer "não sei quem é o candidato a Lisboa porque este ainda não foi anunciado". Reafirma, no entanto, que Santana tem "um perfil que, no exercício das várias funções que atravessou, foi marcado por situações de não termo de mandato ou por situações de destituição. Na Câmara e enquanto presidente existem um conjunto de situações que, aliás, também se repercutiram no mandato anterior, acho que é de evitar. Com toda a franqueza, não seria um perfil que eu escolheria para a Câmara de Lisboa".

Questionada sobre se estará disponível para voltar a candidatar-se à Assembleia Municipal, com Santana como candidato à Câmara, Paula Teixeira da Cruz é peremptória: "Não!"

http://downloads.officeshare.pt/expressoonline/Video/PaulaTeixeira.swf