Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Tailândia: Mais quatro mortos em novos confrontos

Disparos voltaram a ser ouvidos no centro da capital Banguecoque onde já se registaram confrontos entre manifestantes anti-governamentais e militares tailandeses.

Mais quatro pessoas foram mortas em novos confrontos entre manifestantes anti-governamentais e militares, nas ruas de Banguecoque, enquanto o número de feridos já atingiu os 140. Uma forte explosão foi ouvida nas proximidades de um mercado noturno repleto de turistas, e onde já na terça feira se registaram violentos combates entre as forças de segurança e os manifestantes.

Alguns pneus foram incendiados, aparentemente pelos manifestantes, disse um jornalista da AFP. Enquanto os militares ocupavam a zona do mercado foram ouvidos tiros, com centenas de manifestantes a ocuparem a zona, apesar das operações da políca. Esta crise política, a mais grave que atingiu a Tailândia desde 1992,já fez pelo menos 46 mortos e mais de 1100 feridos. O porta-voz do Governo, Panitan Wattanayagorn, disse que os militares tinham sido atacados pelos manifestantes e que se mantinham os riscos de instabilidade na capital, nos próximos dias.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.