Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sonho lúcido

O presidente da Comissão Europeia fala sobre os desafios culturais da Europa.

«O nosso sonho lúcido na Europa deve ser este: um novo humanismo para uma globalização com os nossos valores». Este é o grande desafio europeu em termos culturais, defende o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, em entrevista ao Expresso a propósito da comemoração dos 50 anos da União Europeia.

Numa Europa que é «um projecto de vida em comum», e cujo nível cultural médio tem vindo a subir, Barroso afirma que mesmo assim, «a cultura europeia vai na direcção contrária do que por vezes se diz ser a irremediável uniformização».

«Para mim, Europa é um conceito político, não um conceito geográfico. A decisão política desta geração é integrar estes 27 países e aqueles a quem oferecemos essa possibilidade, desde que cumpram todos os critérios. Alguns pedem-me que diga onde é que acaba a Europa, mas porque hei-de dizê-lo? Deixemos isso para as gerações futuras. Hoje, os Estados de maior dimensão não têm força para defender os seus interesses diante da Rússia ou da China, ou até dos nossos aliados norte-americanos. É por isso que, como disse Paul-Henri Spaak, todos os Estados na Europa são pequenos. Só que alguns ainda não se deram conta.»

Leia mais na edição do Expresso na banca