Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sócrates admite adiar novo aeroporto e nova ponte

Primeiro ministro admitiu o adiamento de grandes investimentos públicos como as obras do futuro aeroporto e a terceira travessia do Tejo.

O primeiro ministro, José Sócrates, admitiu hoje, em Bruxelas, o adiamento de grandes investimentos públicos como as obras do futuro aeroporto e a terceira travessia do Tejo, no quadro do esforço de acelerar as medidas de consolidação orçamental.

O chefe de Governo, que falava no final de uma cimeira de líderes da Zona Euro, disse que o compromisso hoje assumido em Bruxelas de reduzir o défice este ano para 7,3 por cento, em vez dos 8,3 previstos no Programa de Estabilidade e Crescimento, implicará novas medidas, apontando aquelas como possibilidades, que quer discutir com o líder do PSD, Pedro Passos Coelho.