Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

"Sexo e a cidade 2" estreia amanhã

As quatro amigas do "Sexo e a Cidade" estão de volta à tela do cinema. O segundo filme estreia amanhã. (Veja o trailer no fim do texto)

Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda, as quatro amigas de "Sexo e a cidade" estão de volta ao cinema com o segundo filme produzido depois da série e que se estreia quinta feira em Portugal.

Michael Patrick King volta a assinar o argumento e a realização da segunda adaptação para cinema das histórias de "Sexo e a Cidade" a partir de um texto original de Candace Bushnell.

O elenco mantém-se o mesmo, com Sarah Jessica Parker (Carrie Bradshaw), Kim Cattrall (Samantha), Cynthia Nixon (Miranda) e Kristin Davis (Charlotte), além de Chris Noth (Mr. Big), David Eigenberg (Steve) e John Corbett (Aidan).

Férias nos Emirados Árabes

A história é retomada dois anos depois do ponto em que ficou no primeiro filme, com Carrie Bradshaw casada com Mr. Big, Charlotte a lidar com a maternidade, Samantha a contrariar a menopausa e Miranda em conflito com um novo patrão.

Agora as quatro amigas decidem passar umas férias nos Emirados Árabes Unidos para fugir às rotinas matrimoniais de Nova Iorque.

É lá que Carrie reencontra Aidan (John Corbett), que a faz questionar os dois anos de casamento com Mr. Big.

Em "Sexo e a Cidade 2" há ainda o casamento de Stanford, o amigo gay de Carrie, e presenças fugazes de Penélope Cruz, Miley Cyrus e Liza Minelli, que interpreta "Single Ladies", tema de Beyoncé.

Desfile de luxo

Além disso, há um interminável desfile de marcas de moda, luxo e glamour mesmo nas areias quentes do deserto, mas que não convenceu a crítica norte-americana que qualificou o filme de "aborrecido" e "uma facada no coração da magnífica série".

Nos Estados Unidos, "Sexo e a cidade 2" fez 42 milhões de euros de receita de bilheteira nos primeiros cinco dias de exibição.

O primeiro filme, de 2008, tinha rendido 46,4 milhões de euros em apenas três dias e em todo o mundo somou mais de 327 milhões de euros no tempo em que esteve em cartaz.

A popular série televisiva norte-americana foi exibida entre 1998 e 2004 no canal HBO, recuperando as histórias que Candace Bushnell publicou numa coluna semanal no jornal New York Observer.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico