Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sete mortos em ataque num jardim de infância

Pelo menos 20 crianças ficaram feridas e sete perderam a vida. Desde 23 de março, este é o quinto ataque em escolas da China.

<#comment comment="[if gte mso 9]> Normal 0 21 MicrosoftInternetExplorer4 <#comment comment=" /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";} @page Section1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} "> <#comment comment="[if gte mso 10]>

Sete crianças foram hoje mortas e pelo menos 20 outras ficaram feridas num jardim de infância do norte da China, durante o quinto ataque visando um estabelecimento escolar desde 23 de março, anunciou a agência Nova China. 

"Sete crianças foram mortas com uma arma branca e pelo menos 20 outras ficaram feridas num violento ataque num jardim de infância da província setentrional do Shaanxi", indicou a agência oficial. 

O problema ocorreu cerca das 08h00 (01h00 em Lisboa) no distrito de Nanzheng, do município de Hanzhong, precisou um responsável local, citado pela agência, sem revelar mais pormenores, exceto que os pequenos feridos foram transferidos para o hospital. 

Desde 23 de março, três ataques com uma faca e um ataque com um martelo, perpetrados por pessoas frustradas com a sua via profissional ou afetiva, visaram educadores ou meninos dos jardins de infância, fazendo oito mortos e dezenas de feridos e provocando o reforço das medidas de segurança nos estabelecimentos escolares.

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.