Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Scolari fica

Os direitos de imagem do técnico brasileiro serão negociados pelo próprio, ficando a FPF detentora apenas dos direitos de imagem que se prendem com a sua condição de seleccionador. O BES renovou até 2010 o patrocínio à Selecção, investindo cinco milhões de euros, e o BPN já mostrou interesse em manter o contrato de imagem com Scolari e tem o direito de preferência.

Na sondagem EXPRESSO/SIC/Renascença/Eurosondagens, hoje divulgada, 77,8% dos portugueses consideram que Scolari deve manter-se à frente da Selecção. Também a maioria dos inquiridos (58,7%) apoia a permanência de Gilberto Madaíl como presidente da FPF.

Entretanto, um grupo de personalidades da política nacional, entre os quais José Miguel Júdice, Jorge Coelho, Marcelo Rebelo de Sousa, António Vitorino e Eduardo Catroga, propõe-se dinamizar um Movimento de Apoio à Selecção e a Scolari (MASS) e promete levar os portugueses para a rua (ou para o Estádio Nacional) no dia em que a equipa regressar a Lisboa, o que acontecerá amanhã cerca das 13 horas. Se a equipa vencer hoje a Alemanha - em jogo que terá a presença do Presidente da República -, garantindo o terceiro lugar no Mundial, a saída dos jogadores, por razões de segurança, deverá ser feita pelo aeroporto de Figo Maduro.