Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Sábado a ferver em todo o país

As temperaturas máximas vão oscilar entre os 39 e os 42 graus. No domingo o calor vai diminuir e a trovoada pode aparecer no interior do país.

Uma onda de calor vinda do norte de África vai fazer subir as temperaturas em toda a Península Ibérica durante o fim-de-semana, com o interior de Portugal a chegar aos 42 graus. No entanto, o calor é de pouca dura e a chuva pode chegar já na tarde de domingo.

De acordo com o Instituto de Meteorologia (IM), as temperaturas previstas para sábado vão ser muito semelhantes às do último fim-de-semana. Os distritos de Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja serão as zonas mais quentes, com as temperaturas a oscilarem entre os 39 e os 42 graus. O Algarve será a região mais fresca, com máximas prevista de 28 graus, em Sagres.

Chuva pode voltar

No entanto, a partir da tarde de domingo o calor vai diminuir bruscamente em toda Península Ibérica. Segundo o IM, as máximas vão descer para os 34 graus, com períodos de céu muito nublado. As condições atmosféricas serão favoráveis à ocorrência de aguaceiros e trovoadas nas regiões do interior.

Para segunda-feira, o Instituto de Meteorologia prevê períodos de céu muito nublado, com possibilidade de ocorrência de aguaceiros no Norte e Centro até ao fim da manhã. A descida de temperatura mais significativa vai ser nas regiões do interior.

Conselhos da Direcção-Geral de Saúde para o calor 

Proteja-se do Sol e do calor:

- Evite a exposição directa ao Sol, em especial, entre as 11h e as 16h

- Na praia, mesmo debaixo do chapéu-de-sol não está protegido. A água do mar também reflecte os raios solares podendo provocar queimaduras solares

- Sempre que se expuser ao Sol ou andar ao ar livre, use protector solar

- Use chapéu e óculos escuros (especialmente para pessoas de pele clara). Proteja a cabeça das crianças com chapéu de abas

-Use roupa solta, de preferência de algodão e de cores claras

- Nos dias de grande calor, os bebés e os idosos não deverão ir à praia

- Diminua os esforços físicos e repouse frequentemente em locais à sombra, frescos e arejados

Beba e faça uma alimentação equilibrada:

- Aumente a ingestão de água ou de sumos de fruta natural, sem açúcar, mesmo sem ter sede

- Evite bebidas alcoólicas, gaseificadas, com cafeína ou com açúcar, porque podem provocar desidratação

- Faça refeições leves, pouco condimentadas e mais frequentes

Os recém-nascidos, as crianças, as pessoas idosas e as pessoas doentes podem não sentir sede. Ofereça-lhes água!

Refresque-se:

- Permaneça 2 a 3 horas por dia num ambiente fresco. Se isso não for possível em sua casa, visite centros comerciais, museus, cinemas ou outros locais com ar condicionado.

- No período de maior calor refresque-se com um banho. Evite, no entanto, mudanças bruscas de temperatura.