Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Ryanair multada em 3 milhões de euros

A companhia aérea low-cost foi multada em 3 milhões de euros por falta de assistência a passageiros em cancelamentos de voos durante a nuvem de cinza de vulcânica.

A Agência Italiana da Aviação Civil (ENAC) anunciou hoje que multou, em três milhões de euros, a companhia irlandesa de baixo custo Ryanair por ter violado as obrigações de assistência a passageiros em casos recentes de cancelamento de voos. 

"Após as investigações, a ENAC condenou a companhia irlandesa Ryanair a multas por um total de três milhões de euros por violação, em 178 casos, das obrigações de assistência aos passageiros previstas pela lei em caso de cancelamento de um voo", refere um comunicado da ENAC. 

As 178 violações foram cometidas no período em que centenas de voos foram cancelados por causa da nuvem de cinzas vulcânicas procedentes da Islândia. 

A Ryanair informou, entretanto, que ainda não foi informada deste processo e da aplicação das multas.

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.