Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Ronaldo quer processar "Vanity Fair"

O primeiro jogo de Portugal no Mundial da África do Sul conta agora com um novo factor: Cristiano Ronaldo não gostou de ter sido capa de uma revista americana, em cuecas, ao lado de Didier Drogba, da Costa da Marfim.

Anabela Natário (www.expresso.pt)

Cristiano Ronaldo ficou irritado com a "Vanity Fair" do mês de Junho e está a pensar processar a publicação por ter feito uma montagem que o juntou, na capa, com o futebolista Didier Drogba, estando ambos de cuecas.

A informação revelada por um amigo do atleta português, foi lançada no Facebook pela revista brasileira Veja que não identifica a fonte, mas cita-a: "Ronaldo está pirando. Ele diz que quer processa a Vanity Fair por usar sua imagem para promover a edição".

"Embora esta seja uma prática muito comum no mundo das revistas, apenas ele e seus empresários tem o controle de sua imagem e onde ela será usada", disse a mesma fonte.

Jogadores de cuecas

Na capa só aparecem Ronaldo e Didier, mas no interior aparecem outros jogadores em cuecas, das cores da bandeira da selecção a que pertencem para assinalar o Campeonato do Mundo que vai ter início na África do Sul.

As fotografias foram tiradas por Annie Leibovitz, individualmente, e, segundo o amigo de Ronaldo, este "não foi consultado sobre a montagem que seria feita para a capa", por isso, "sentiu-se traído ao ver o resultado final da revista".

A selecção de Portugal, em que está integrado Cristiano Ronaldo, enfrenta, no próximo dia 15 de Junho, o seu primeiro jogo da competição frente à Costa do Marfim.