Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Raul Castro demite vice-Presidente em Cuba

Presidente de Cuba, Raul Castro, demitiu Jorge Luis Sierra Cruz, vice-Presidente que acumulava o cargo com o de ministro dos Transportes -  e aceitou a demissão do ministro do Açucar, Luis Manuel Ávila González.

O presidente de Cuba, Raul Castro, demitiu ontem Jorge Luis Sierra Cruz - que era um dos vice-presidentes do seu Governo e acumulava o cargo de ministro dos Transportes, e Luis Manuel Ávila González, ministro do Açúcar.

A informação sobre estas demissões foi anunciada ontem num comunicado oficial. 

No caso de Sierra Cruz, a demissão deve-se a "erros cometidos no desempenho de suas funções", enquanto a substituição de Ávila González acontece por este ter, alegadamente, apresentado a sua demissão por "reconhecer as deficiências que lhe foram apontadas".

Antonio Enrique Lussón Batlle sobe a vice-Presidente

O novo vice-Presidente será Antonio Enrique Lussón Batlle, membro do Comité Central do Partido Comunista, comandante da Revolução e general das Forças Armadas.

À frente do Ministério dos Transportes ficará César Ignacio Arocha Masid, militar de 51 anos que até aqui desempenhava as funções de director-geral de Alimentos a Granel. O novo ministro do Açúcar vai ser Celso García Ramírez.

O comunicado oficial que anunciava estas alterações acrescentava: "Os companheiros Jorge Luis Sierra Cruz e Luis Manuel Ávila González receberão outras tarefas".