Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

PS diz que moção de censura do PCP é manobra de diversão

A posição foi transmitida aos jornalistas Ana Catarina Mendes, vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS.

O PS considerou hoje "uma manobra de diversão" e um mero ato de "prova de vida" a decisão do PCP de avançar com uma moção de censura ao Governo, apelando ao sentido de "responsabilidade" das restantes forças políticas.

A posição foi transmitida aos jornalistas pela vice-presidente do Grupo Parlamentar do PS Ana Catarina Mendes, em reação à decisão do Comité Central do PCP de apresentar um moção de censura ao Governo, contra a sua política de austeridade.

"Talvez estejamos perante uma manobra de diversão do PCP, ou até perante uma prova de vida do PCP. Uma moção de censura, nesta altura do campeonato, se tivesse como consequência a sua aprovação e o derrube do Governo, seria um ato de insensatez e de irresponsabilidade, que levaria o país a um colapso, agravando a instabilidade nos mercados financeiros", sustentou Ana Catarina Mendes.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.