Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Presidente da Tunísia foi reeleito

89% dos votos dão quinto mandato a Zine El Abidine Ben Al no poder há 23 anos.

Cristina Peres (www.expresso.pt)

Uma afluência às urnas da ordem dos 84%, levou os tunisinos a reelegerem o seu anterior Presidente para mais um período de cinco anos.

Benjamin Boungolous, chefe da delegação de observadores da União Africana, descreveu as eleições de domingo 25 de Outubro como livres e transparentes, mas grupos opositores ao regime reclamaram o contrário argumentando que estas eleições presidenciais e legislativas não apresentavam uma genuína liberdade de escolha.

O Partido Constitucional Democrático, o partido no poder, ganhou também a maioria dos assentos na Câmara dos Deputados, 161 do total de 214.

O Presidente Bem Ali encontra-se no poder há 23 anos.

Analistas internacionais comentavam, antes do anúncio dos resultados oficiais definitivos, que o único risco que Bem Ali corria era o de ser eleito por menos de 94% dos votos, já que as eleições de 2005 lhe deram quase 95% dos sufrágios.

Na verdade, pela primeira vez desde a independência, em 1956, um candidato alcançou a sua vitória por menos de 90% dos votos. Em 1959, Habib Bourguiba obtinha 99,67% dos votos, continuando a rasar os 100% nas eleições de 1964, 1969 e 1974. Ben Ali começou com 99,27% no ano em que sucedeu a Bourguiba, 1989, afastado do poder em virtude da sua avançada idade.