Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Presidenciais: Jardim diz ser "fundamental" apoiar Cavaco

O chefe do Governo da Madeira, Alberto João Jardim, criticou a veemência com que o cardeal patriarca de Lisboa censurou o Presidente da República.

O chefe do Governo da Madeira, Alberto João Jardim, afirmou hoje ser "fundamental" apoiar a recandidatura de Cavaco Silva e criticou a veemência com que o cardeal patriarca de Lisboa censurou o Presidente da República, Cavaco Silva.

"Eu não estou percebendo. Eu também não concordei que o Presidente da República não tivesse tomado uma posição de veto na lei do casamento gay, mas o facto de discordar de um ato do Chefe de Estado não me faz perder a noção do interesse nacional e bem comum", disse Jardim.

O líder madeirense falava no Aeroporto da Madeira, onde se reuniu com o primeiro ministro durante uma escala técnica que José Sócrates efetuou na Madeira na viagem de regresso depois de visitar a Venezuela.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.