Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Portimão acolhe estreia do espectáculo dos multicascos

Os multicascos que participam no I Grande Prémio de Portugal, do Circuito Multicup 60' Café Ambassador, vão rasgar as águas ao largo de Portimão até domingo.

COMEÇOU hoje o I Grande Prémio de Portugal, a penúltima etapa do Circuito Multicup 60' Café Ambassador, prova destinada aos arrojados multicascos e que se estenderá até domingo, no campo de regatas montado ao largo da Marina de Portimão.

Depois do Grande Prémio de Marselha, realizado o mês passado em águas francesas e ganho pelo velejador gaulês Franck Cammas, ao leme do «Groupama», um trimaran de 60 pés, é a vez de o Sul de Portugal receber uma prova desta envergadura.

Após quatro etapas do Circuito Multicup 60’ Café Ambassador, o «Groupama II» é o líder, isolado com 22,5 pontos, só com vitórias e mais cinco que o segundo classificado, o «Géant», cujo «skipper» é Michel Desjoyeaux, que à excepção do terceiro posto na prova inaugural foi sempre segundo. Na terceira posição encontra-se o «Gitana II», que tem a particularidade de integrar na sua tripulação o Barão Benjamin de Rothschild (armador dos dois Gitanas e um impulsionador deste mediático circuito), seguido do «Banque Populaire IV» e do «Gitana 12», que é quinto da classificação geral.

Vento «entra» ao meio-dia

Amante também do montanhismo, o francês Philippe Facque, director do circuito, realçou que «o mais importante é que haja boas condições de vento e mar». Acrescentando ainda que, quando chega a qualquer lado, verifica «todos os pormenores e as condições meteorológicas, incluindo a entrada do vento e a temperatura nesta altura do ano». Sendo que, em Portimão, «só há vento por volta do meio-dia, que é quando começa a soprar de Noroeste, caindo ao fim da tarde».

Luís Serpa, director da Make-Fast, a empresa responsável pela vinda desta etapa ao nosso país, a cidade de Portimão «tem sido um exemplo do que melhor é possível fazer por esta modalidade em particular e pelo desporto em geral».
«A prova vai trazer ao Algarve novos visitantes, velejadores estrangeiros e um grande número de jornalistas europeus. É importante para todos nós que a regata seja divulgada e que Portimão reforce a sua posição na rota dos desportos náuticos mundiais», salientou o organizador.

Se no mar, junto à costa (Praia da Rocha), o espectáculo do novo circuito internacional de multicascos é garantido, em terra, na Marina de Portimão e no Hotel Tivoli-Arade, a festa é certa, com uma exposição de pintura, um concurso de fotografia, uma mostra de artesanato e uma prova de vinhos.