Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

Polícia espanhola liberta trabalhadores portugueses escravizados

A Guarda Civil espanhola libertou hoje numa operação de grande envergadura, em várias localidades de Navarra, 91 trabalhadores, a maioria dos quais portugueses, que trabalhavam em Espanha num regime de escravatura.

A notícia é avançada pela TSF que cita fontes policiais espanholas. Trata-se da "maior acção policial de sempre em Navarra contra a exploração laboral", adiantou à rádio uma fonte policial. Entre os 91 trabalhadores libertados, além dos portugueses, encontram-se oito espanhóis, dois angolanos, um moçambicano e um polaco.

Os trabalhadores, não recebiam salários, "viviam em condições penosas". Na operação foram detidos 17 indivíduos responsáveis pelo recrutamento destes trabalhadores em estações de transportes públicos e albergues em Lisboa e no Porto. Vicente Ripa, delegado do governo em Navarra, adiantou à TSF que além dos 17 detidos, foram ainda imputados sete empresários alegadamente envolvidos na exploração dos trabalhadores.