Siga-nos

Perfil

Expresso

Atualidade / Arquivo

PJ apanha quadrilha que usava Net para fazer assaltos

Quadrilha que se especializou em fazer assaltos após conversas na Internet foi hoje desmantelada pela PJ, em Braga.

Joaquim Gomes (www.expresso.pt)

A quadrilha, constituída por três jovens de Matosinhos, é suspeita da autoria de pelo menos três assaltos - todos no distrito de Braga - durante o primeiro semestre deste ano, revelou ao Expresso fonte judicial

O método utilizado era sempre o mesmo, segundo as investigações da PJ de Braga: primeiro, através de chats de conversação na Internet, estabeleciam "supostas amizades" com algumas pessoas; depois, tentavam apurar a o modo de vida e capacidade financeira dos "amigos"; finalmente, avançavam para as residências, assaltando os residentes e sequestrando-os até sacarem todo o dinheiro, através do cartão multibanco das vítimas.

O primeiro caso conhecido das autoridades judiciárias foi cometido em Braga, no mês de Janeiro, quando um homem residente na cidade dos arcebispos recebeu a "visita" em casa dos três cibernautas, tendo sido sequestrado até entregar o cartão multibanco e revelar o código. Ficou sem mais de mil euros, que se encontravam depositados na sua conta bancária.

Mais casos não denunciados

Em Fevereiro, dois golpes idênticos registaram-se no Minho, um em Braga, outro em Esposende, mas poderá haver mais situações que não foram ainda comunicadas pelas vítimas às autoridades.

Os três detidos, com idades entre 20 e 28 anos, todos sem profissão conhecida, serão apresentados hoje de tarde ao juiz de instrução criminal de Braga, António Luís Fernandes, acrescentou ao Expresso a fonte judicial.